Fechar

Perguntas frequentes

Conheça as dúvida mais frequentes na Saudavel e Natural, caso não encontre uma resposta para sua pergunta, clique aqui e fale conosco.


As embalagens flexíveis, utilizadas por nós, NÃO CONTÉM BPA, são BPA FREE / LIVRES DE BISFENOL A. Todos os produtos podem ser aquecidos em micro-ondas e/ou água quente!


O que é BPA?

Bisfenol A também conhecido como BPA é um difenol, um composto usado na produção de policarbonato, material presente na maioria dos plásticos rígidos e transparentes, como também na produção da resina epóxi, que faz parte do revestimento interno de latas que acondicionam bebidas e alimentos.


A substância é proibida em países como Canadá, Dinamarca e Costa Rica, bem como em alguns Estados norte-americanos, mas no Brasil era utilizada na produção de garrafas plásticas, mamadeiras, copos para bebês e produtos de plástico variados, sendo proibida apenas ao final de 2011.


Por que prevenir-se do BPA?

Em 1950, a ONG National Workgroup for Safe Markets analisou cerca de 50 tipos de alimentos armazenados em embalagens plásticas e o é resultado foi assustador: o Bisfenol A (BPA) estava presente em 92% das embalagens analisadas.


Porém, desde a década de 1930 que se suspeita que seja prejudicial à saúde humana. Mas quais são os efeitos do BPA sobre a saúde?


O bisfenol A é um diruptor endócrino que mimetiza os hormônios do organismo e pode causar efeitos negativos sobre a saúde. Estudos feitos em 2007 concluiu que o bisfenol A bloqueia os receptores do hormônio da tireoide, além de afetar o desenvolvimento cerebral e o comportamento de fetos e bebês, além de poder afetar o comportamento ligado ao dimorfismo sexual no adulto.


E não para por aí os malefícios do BPA: Hiperatividade, déficit de atenção, aumento da sensibilidade a drogas de abuso, câncer de mama, aumento da próstata, anomalias do ovário, disfunção sexual masculina, afetamento do coração de mulheres, aborto, prematuridade, restrição ao crescimento intrauterino e pré-eclâmpsia, impacta a permeabilidade intestinal e indução à asma, são mais riscos que o BPA traz à saúde humana.


Onde está o BPA?

A relação abaixo está longe de ser completa. Não é incomum, a propósito, que o Bisfenol A deixe de ser indicado na composição química de um determinado produto industrial, especialmente quando é misturado (ou entra como subproduto) em sua composição química:

  • mamadeiras de plástico;
  • embalagens plásticas para acondicionar alimentos na geladeira (marmitas, jarras de água, etc);
  • formas de plástico para microondas;
  • utensílios de plástico para o lar;
  • copos, pratos e talheres de plástico (inclusive os infantis), especialmente se estiver ingerindo bebidas quentes, tais como cafezinho, chocolate quente, etc;
  • materiais médicos e dentários;
  • nos enlatados, como revestimento interno;
  • em garrafas plásticas reutilizáveis de água (tipo squeeze);
  • brinquedos de plástico;
  • garrafões de plástico de 20 litros;
  • papeis térmicos (como os usados em máquinas de cartão de crédito ou de emissão de nota fiscal, tíquetes de cinema, etc). Nestes casos, acredita-se que o contato com a pele possa ser suficiente para transmitir o bisfenol para o organismo humano;
  • equipamentos de proteção para prática de esportes;
  • CDs, DVDs e discos de vinil;
  • lentes de óculos;
  • capacetes;
  • tubulações e caixas de água;
  • tintas e resinas epóxi;
  • computadores;
  • telhas de policarbonato;
  • eletrodomésticos, tais como panelas de vapor de plástico, liquidificador, etc.


Como evitar?

De certa forma, não conseguiremos eliminar completamente a exposição ao bisfenol A. Ele está muito presente em nossas vidas: no ar, na água e nos alimentos. Mas podemos reduzi-lo. Mas como?

  1. Em bebês utilize somente produtos, equipamentos e utensílios (mamadeiras) isentos de bisfenol A ou BPA.
  2. Nunca compre ou consuma alimentos e bebidas embalados em latas.
  3. Respeite sempre a data de validade dos produtos embalados incluindo produtos líquidos.
  4. Troque os recipientes de plástico por recipientes de vidro, aço inoxidável ou recipientes de porcelana.
  5. Nunca utilize recipientes de plástico no micro-ondas. Produtos de plástico em contato com o calor liberam a substância BPA.
  6. Evite o uso de filmes plásticos, nunca colocar no micro-ondas nada envolto nele.
  7. Não tome bebidas alcoólicas utilizando copos de plástico.
  8. Leia atentamente o rótulo dos alimentos industrializados antes de os comprar comprove que são livres de bisfenol A, muitos alimentos são tratados com aumento de temperatura depois de embalados. No caso de alimentos como o molho de tomate, devido à acidez favorece à transferência de maiores quantidades de BPA do revestimento para o alimento.
  9. Se for utilizar recipientes de plástico, nunca utilize os marcados com o número de reciclagem 3 e 7 (que aparece no fundo dentro de um triângulo de reciclagem), pois significa que muito provavelmentetem bisfenol A. Os marcados com os números 1, 2, 4 e 5 não contêm BPA, mas não estão livres de outros produtos químicos.
  10. Se optar por utilizar utensílios plásticos de cozinha, desfaça-se dos velhos, que estejam rachado ou arranhados e evite colocá-los na máquina de lavar louças. Só os lave com detergente neutro.


E as embalagens flexíveis, são livres de BPA?

A informação de que o Bisfenol A faz mal à saúde chegou rapidamente aos ouvidos dos consumidores que começaram a rejeitar a compra de produtos fabricados ou embalados com esse plástico.


A indústria percebendo a rejeição por parte dos consumidores começou a fabricar os produtos livres de Bisfenol A, o BPA Free.

Como preparar sua refeição

Como funciona

ESQUENTE NO MICRO-ONDAS

Rasgue uma pequena abertura na embalagem no local indicado.

Coloque no microondas para aquecer de acordo com o tempo dito na embalagem.

ESQUENTE EM BANHO MARIA

Encha uma panela com água e leve ao fogo.

Após ferver a água, coloque a embalagem lacrada dentro.

Retire com cuidado após 08 minutos.

APROVEITE SUA REFEIÇÃO

Economize seu tempo! Basta aquecer e comer, quando quiser.

Carrinho Finalizar